Retração Gengival: o que é?

A retração ou recessão gengival consiste numa alteração nas gengivas que faz com que esta comece a retrair-se, ficando progressivamente mais reduzida do que o normal. Esta condição acaba por deixar os dentes mais expostos, consequentemente ficando assim a raiz mais exposta. A retração da gengiva ocorre, portanto, quando há perda de tecido periodontal e a porção terminal do tecido gengival (chamado de gengiva marginal) se afasta do colo do dente em direção à sua raiz.

Este problema pode ocorrer apenas num dente ou em vários dentes simultaneamente, e nalguns casos pode mesmo ocorrer uma retração gengival generalizada, ou seja, em todos os dentes, tanto do maxilar superior, como do inferior.

As pessoas geralmente só se apercebem em fases avançados deste processo. Ao sentirem sensibilidade anormal, dor no local e frequentemente inflamação.

O processo é lento mas progressivo, pelo que é essencial ir regularmente ao dentista ou higienista oral para que este problema seja identificado atempadamente e detetadas as causas, prevenindo assim a recessão da gengiva.

Causas da Retração Gengival


Naturalmente, uma das causas da retração gengival é a higiene oral insuficiente, embora outras questões como fumar, maus hábitos alimentares e fatores genéticos possam também estar na origem deste problema dentário. As principais causas da recessão gengival são:

  • Doença periodontal - A presença de placa bacteriana devido a uma higiene oral incorreta ou descuidada pode resultar em gengivite que se não tratada tende a evoluir para  periodontite, implicando a perda dos tecidos de suporte dos dentes e consequente retração gengival;
  • Lesões associadas à escovagem incorreta dos dentes, surge utilizando escova não adequada (dura) ou excesso de carga repetida na escovagem;
  • Trauma oclusal - Quando não existe uma mastigação uniforme, alguns dentes exercem mais força do que outros na gengiva e no osso provocando a recessão gengival;
  • Fatores genéticos, podendo ser um problema hereditário;
  • Sistema imunitário fragilizado;
  • Tabaco - Os fumadores são mais propensos a acumular placa bacteriana nos dentes e, se não tiverem uma higiene oral cuidada, o tártaro pode provocar recessão gengival;
  • Mau posicionamento dos dentes;
  • Bruxismo - O hábito de ranger os dentes durante a noite pode fazer muita pressão maxilar exercendo muita força nos dentes acaba por provocar retração da gengiva.


Sinais de retração gengival



Retração Gengival: o que é?


A maioria das pessoas não sabe que tem recessão gengival, e o primeiro sinal é geralmente a sensibilidade dentária. Isto porque, uma raiz dentária exposta causa uma maior sensibilidade ao comer certos alimentos quentes ou frios.

Para além disso, verifica se alterações físicas na gengiva, notando que o dente vai ficando mais exposto e consequentemente com a raiz mais visível, é importante que marque uma consulta com o seu dentista/higienista oral para descobrir o que pode fazer para evitar que o problema se agrave.

Como tratar a retração gengival


O primeiro passo para descobrir como resolver a retração/recessão da gengiva é mesmo a consulta com um médico dentista ou higienista oral.  Este fará o diagnóstico e recomendará o melhor tratamento possível para o seu caso pois o tratamento varia mediante as causas subjacentes e a gravidade da retração.

Por vezes, como a retração gengival pode ocorrer devido a uma escovagem excessiva ou incorreta dos dentes, também irá aconselhar outras técnicas mais adequadas para a correta higiene oral do dia a dia.

Caso a retração gengival tenha sido provocada por uma acumulação de tártaro, será aconselhada uma limpeza - destartarização - por forma a reverter ou impedir que a situação se agrave.

Se a causa for a sensibilidade dentária devido à exposição da raiz existem vários tratamentos para minimizar essa sensibilidade como bochechos com algumas soluções dessensibilizantes específicas ou a aplicação de flúor, ou ainda proceder ao tratamento com resina, ou seja, recorrer à restauração com resina acrílica (compósito), de forma a recobrir as áreas expostas sensíveis.

Em casos mais avançados de recessão, uma pequena cirurgia gengival é a melhor opção sendo que a mais utilizada é o enxerto de gengival.

A ida regular ao médico dentista ou higienista oral é uma das melhores formas de prevenir o aparecimento de condições como a retração gengival. Se gostaria de obter mais informações sobre preços de tratamentos da retração gengival e que tipo de opções existem para evitar que esta condição se agrave, marque já a sua consulta com um dos médicos dentistas da MALO CLINIC aqui.